Intervenção Precoce na Infância

Intervenção Precoce na Infância
Intervenção Precoce na Infância
Uma parceria com a Escola Superior de Educadores de Infância Maria Ulrich e com a Associação Nacional de Intervenção Precoce

Apresentação do Curso

Este Curso do ISPA e da ESEI Maria Ulrich tem como grande finalidade proporcionar uma oferta formativa de nível pós-graduado que, embora possa ser frequentada por público-alvo heterogéneo, ambiciona colmatar uma lacuna importante na formação de educadores especializados.
Na sua construção houve a preocupação de assegurar uma formação de qualidade, aliando um corpo docente de reconhecida competência neste campo, a um currículo que aprofunda temáticas consideradas internacionalmente essenciais ao domínio de uma prática de excelência.

A conceção do plano do atual curso teve como base uma profunda discussão, análise e reflexão sobre o contexto profissional atual desta área de intervenção, em articulação com as práticas recomendadas nacional e internacionalmente para a intervenção e formação em Intervenção Precoce na Infância (IPI).

 

Foram, nomeadamente, tidas em conta as seguintes fontes:

Manual de práticas recomendadas em Intervenção Precoce na Infância – um guia para profissionais, realizado no âmbito do projeto IM2 - Intervir Mais, Intervir Melhor, coordenado pela ANIP em parceria com Universidade de Aveiro e Associação Pais-em-Rede; colaboração do SNIPI e Universidades de Lisboa, do Porto, Minho, Évora e ISPA – Instituto Universitário;

DEC Recommended Practices in Early Intervention/Early Childhood Education - Division for Early Childhood of the Council for Exceptional Children, 2014;
DEC Recommended Practices workbook. Improving Practices for Young Children with Special Needs and Their Families, 2005: DEC Recommended Practices in Personnel Preparation Standards, Division for Early Childhood of the Council for Exceptional Children:
Initial Special Education Professionals in Early Childhood Special Education| Early Intervention
Advanced Special Education Early Childhood Specialist in Early Childhood Special Education | Early Intervention
European Passport on Professional Education in Early Intervention (EBIFF) - Currículo Europeu de formação em Intervenção Precoce na Infância

Duração, Estrutura do Curso e Nível de Qualificação Conferido

O curso tem carga horária total de 250 horas (60 ECTS). A conclusão deste curso confere um diploma de Pós-Graduação em Intervenção Precoce na Infância

Objectivos do Curso

A abordagem desta Pós-graduação assenta na articulação de conhecimentos teóricos em áreas consideradas cruciais para o domínio científico da IPI mas também na importante partilha de experiências, quer de profissionais de diferentes serviços/equipas, de famílias de crianças com necessidades especiais, quer dos próprios formandos, de forma a permitir o desenvolvimento de competências que favoreçam um atendimento de qualidade às crianças entre os 0 e os 6 anos e as respetivas famílias, em acordo com as orientações internacionais e com o Decreto-Lei 281/2009.

 

Pretende-se, deste modo, que os formandos adquiram:

Conhecimentos – “Saber sobre” e “saber como” articulando, de forma reflexiva e crítica, teoria e conceitos fundamentais em Intervenção Precoce com conhecimentos tácitos informais adquiridos através da experiência
Competências funcionais - “Ser realmente capaz de fazer” aquilo que compete aos profissionais realizar na área da Intervenção Precoce, nomeadamente no que diz respeito a uma intervenção centrada na família, realizada em equipa transdisciplinar, no contexto natural de vida da criança
Competências pessoais – "Saber como atuar" em situações concretas, evidenciando competência ética, com base em valores pessoais e profissionais.

Horário do Curso

O curso tem início em 23 de Outubro de 2017 com duração de 10 meses. Prevêem-se 8 horas de aulas por semana, segundas e terças feiras em horário pós-laboral das 18h30-22h30, ao longo de 32 semanas.

 

* A abertura do Curso está condicionada a um número mínimo de inscrições.

Corpo Docente

Ana Teresa Brito
(Educadora especializada, Doutorada em Estudos da Criança, Educação Especial, ESEI Maria Ulrich)

 

Isabel Chaves de Almeida
(Psicóloga, Doutorada em Intervenção Precoce, Associação Nacional de Intervenção Precoce)

 

Isabel Felgueiras
(Especialista em Intervenção Precoce, Associação Nacional de Intervenção Precoce)

 

Júlia Serpa Pimentel

(Psicóloga, Doutorada em Intervenção Precoce, ISPA-Instituto Universitário)

 

Lourdes Mata
(Psicóloga, Doutorada em Estudos da Criança, ISPA-Instituto Universitário)

 

Manuela Veríssimo
(Psicóloga, Doutorada em Psicologia do Desenvolvimento, ISPA-Instituto Universitário)

 

Miguel Barbosa
(Doutorando em Psicologia do Desenvolvimento, Faculdade Medicina da Universidade de Lisboa)

 

Tânia Boavida
(Fisioterapeuta, Psicóloga, Doutorada em Intervenção Precoce)

Destinatários

Educadores de infância, professores do 1º ciclo do ensino básico (1), docentes de educação especial, psicólogos, técnicos de serviço social, terapeutas da fala, terapeuta ocupacionais, fisioterapeutas e outros profissionais envolvidos em equipas de Intervenção Precoce (técnicos de educação especial e reabilitação, médicos, enfermeiros, licenciados em ciências da educação, licenciados em sociologia ou licenciados em áreas afins).

 

(1) No caso dos educadores e professores, e enquanto estiver em vigor o Decreto-Lei 95/97 que regulamenta a formação especializada, o diploma poderá conferir especialização aos docentes profissionalizados e que trabalhem há pelo menos 5 anos.

 

Grupo de recrutamento em Educação Especial - pessoal docente da educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário
Conforme o Decreto-Lei n.º 27/2006, de 10 de fevereiro, que cria e define os grupos de recrutamento para efeitos de seleção e recrutamento do pessoal docente da educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário, a Intervenção Precoce na Infância insere-se no grupo de recrutamento Educação Especial 1, com o código 910:
“Apoio a crianças e jovens com graves problemas cognitivos, com graves problemas motores, com graves perturbações da personalidade ou da conduta, com multideficiência e para o apoio em intervenção precoce na infância

 

 

Candidatura, Matrícula e Propinas

Candidaturas e Inscrições:
Até 17 de Outubro de 2017, com 50% de desconto na Taxa de Candidatura e 50% no valor da Matrícula.
Poderão ser admitidas candidaturas e inscrições após a data limite definida para o efeito, quando autorizadas pela Direcção do Curso

 

Taxa de Candidatura: 100 euros (Não aplicável a alunos ou diplomados pelo ISPA)
Matrícula/Inscrição Anual: 355 euros
Propina Anual: 2500 euros (ou pagamento em 10 prestações mensais no valor de 250 euros cada)

 

 

Desconto de 10% nas propinas para os associados da ANIP- Associação nacional de Intervenção Precoce e da APEI- Associação Portuguesa de Educação de Infância 

 

 

 

Instituições, empresas ou outras organizações que pretendam oferecer aos seus colaborares este curso de pós-graduação poderão beneficiar de condições especiais a acordar caso a caso. Para o efeito a organização poderá contactar-nos para fa@ispa.pt  

Mais informações

Telefone para mais informações

E-mail para mais informações