Literacia em Saúde. Modelos, estratégias e intervenção - NOVA

Literacia em Saúde. Modelos, estratégias e intervenção - NOVA
Literacia em Saúde. Modelos, estratégias e intervenção - NOVA
Patrocínio científico: Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar

Apresentação do Curso

Esta pós-graduação de especialização tem como objetivo capacitar, desenvolver e aprofundar os conhecimentos dos profissionais nesta área emergente atualmente integrada no Programa Nacional de Saúde em Portugal.

 

Esta especialização visa proporcionar aos participantes uma compreensão analítica da diversidade de soluções existentes para o desenvolvimento da literacia em saúde em Portugal, dotando-os de um conjunto de competências e conhecimentos e de instrumentos e ferramentas para aplicação e adaptação às situações específicas em saúde.

 

Para uma mais eficaz mediação na gestão de conflitos em saúde serão analisadas as técnicas mais adequadas para melhorar os processos de comunicação entre os vários intervenientes na saúde, seja entre os profissionais e estes e o paciente, nomeadamente nas questões da segurança em saúde, seja em organizações públicas ou privadas e intra e entre equipas de trabalho multiprofissionais.

 

Neste curso serão também abordados os processos fundamentais do comportamento humano subjacentes aos processos de aprendizagem e de compreensão tanto do individuo como do coletivo, fulcrais do bem-estar e qualidade de vida. Esta especialização permite de forma inequívoca uma estruturada capacitação do profissional da área da saúde.

 

Tendo por base uma visão holística da relação humana, o plano de estudos tem um caráter interdisciplinar, beneficiando de conceitos, modelos, teorias e técnicas de diferentes áreas científicas. Em paralelo, o curso acentua uma aprendizagem experiencial, ativa e aberta ao espaço relacional.

Duração, Estrutura do Curso e Nível de Qualificação Conferido

O curso tem duração de 10 meses (40 ECTS) com carga horária total de 158 horas. A conclusão confere um diploma de Pós-Graduação de Especialização em Literacia em Saúde: Modelos, Estratégias e Intervenção.

Objectivos do Curso

  • Capacitar e envolver, influenciar e apoiar decisões em saúde
  • Desenvolver competências para a elaboração de planos e projetos em saúde que promovam a literacia em saúde
  • Desenvolver ações de promoção de estilos de vida saudável
  • Desenvolver competências na mediação e gestão de conflitos
  • Fomentar as aptidões e técnicas que promovam a mudança de atitudes e comportamentos em saúde
  • Desenvolver competências e estratégias comunicacionais e de informação para melhoria da literacia em saúde do cidadão 
  • Propor soluções de maior interatividade e competências digitais que promovam uma maior literacia em saúde

 

Tendo em conta o atual Programa Nacional de Educação para a Saúde, Literacia e Autocuidados (Despacho n.º 3618-A/2016, de 10 de março), esta pós-graduação visa ainda:

 

- Contribuir para a melhoria da educação para a saúde, literacia e autocuidados da população, promovendo a cidadania em saúde, tornando as pessoas mais autónomas e responsáveis em relação à sua saúde, à saúde dos que delas dependem e à da sua comunidade
- Promover um amplo acesso de todos os interessados à informação qualificada sobre boas práticas em educação para saúde, literacia e autocuidados
- Desenvolver e demonstrar a utilidade de novos projetos e instrumentos em domínios selecionados desta temática, que acrescentem valor às boas práticas já existentes

 

Competências a desenvolver

 

  • Adquirir, desenvolver e consolidar competências nas metodologias e técnicas de avaliação e desenvolvimento em literacia em saúde
  • Implementação nas organizações de programas de literacia em saúde, através de metodologias que permitam a conceção, elaboração, monitorização e avaliação de planos de ação
  • Desenvolver técnicas de linguagem assertiva e comportamento positivo para mudar comportamentos e atitudes
  • Potenciar o empowerment do cidadão nomeadamente nas competências digitais e contribuir para melhorar a educação para a saúde
  • Desenvolver estratégias de comunicação e informação em saúde para conseguir maior adesão terapêutica com utentes
  • Desenvolver técnicas para melhorar o relacionamento entre profissionais de saúde
  • Desenvolver competências para tornar exequíveis as orientações do Programa Nacional de Saúde, em particular o reforço do papel do cidadão e as estratégias de ativação do cuidador informal

Horário do Curso

O Curso* tem início em 18 de Novembro de 2017. Funcionará aos Sábados, das 10h00 às 14h00. Excepcionalmente, poderá haver aulas às 6ºas feiras em horário pós-laboral.

 

*A abertura do Curso está condicionada a um número mínimo de inscrições

Corpo Docente

Bruno Soares Rodrigues
(ISPA - Instituto Universitário)

 

Carlos Lopes
(ISPA-Instituto Universitário)

 

Catarina Ramos
(ISPA-Instituto Universitário)

 

Cristina Vaz de Almeida
(ISCSP, Universidade de Lisboa)

 

Fernando Barroso
(Centro Hospitalar de Setúbal)

 

Filipa Pinto Nunes
(ACES Arrábida)

 

Francisco George
(Director Geral de Saúde)

 

Isabel Leal
(ISPA-Instituto Universitário)

 

Isabel Loureiro
(Escola Nacional de Saúde Pública, Universidade Nova de Lisboa)

 

José Mendes Nunes
(NOVA Medical School, Universidade Nova de Lisboa e ACES Cascais)

 

Kristine Sorensen
(Maastricht University)

 

Pedro Graça

(Faculdade de Ciências da Nutrição e da Alimentação Universidade do Porto)

 

Rui Gaspar
(William James Center, ISPA-Instituto Universitário)

 

Teresa Ferreira
(Psicóloga, Formadora na área comportamental em saúde ARS de Lisboa)

 

Victor Briga
(Coach e formador, Universidade do Porto)

Destinatários

Este curso destina-se a Psicólogos, Enfermeiros, Médicos, Médicos Dentistas, Higienistas Orais, Assistentes Sociais, Nutricionistas, Dietistas, Farmacêuticos, Fisioterapeutas, Terapeutas Ocupacionais, Terapeutas da Fala e outros técnicos de diagnóstico e terapêutica, Técnicos de Reabilitação e Inserção Social, Professores, Educadores, Ciências da Comunicação e a outros profissionais com formação noutras áreas de especialização (licenciatura ou mestrado).

Avaliação

A conclusão do curso está sujeita a avaliação em 3 momentos avaliativos:

 

  • 1º Momento – Relatório (Trabalho de grupo - 1º Semestre - 25%) 
  • 2º Momento – Relatório (Trabalho de grupo - 2º Semestre - 25%) 
  • 3º Momento – Projeto Individual (Final de Curso - 40%) 
  • Participação (10%)

Candidaturas, Matrículas e Propinas

Candidaturas e Inscrições:
1ª fase: até 15 de julho de 2017, com 50% de desconto na Taxa de Candidatura e 50% no valor da matrícula;


2ª fase: até 20 de outubro de 2017*.

 

*Poderão ser admitidas candidaturas e inscrições após a data limite, quando autorizadas pela
Direção do Curso.

 

Taxa de candidatura: 100 euros (Não aplicável a alunos ou diplomados pelo ISPA)
Matrícula/Inscrição Anual: 355 euros
Propina Anual: 1900 euros (ou pagamento em 10 prestações mensais no valor de 190 euros cada)


Desconto de 10% nas propinas para associados da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), Associação Portuguesa de Higienista Orais, Ordem dos Enfermeiros e Ordem dos Farmacêuticos

 

 

 

Instituições, empresas ou outras organizações que pretendam oferecer aos seus colaborares este curso de pós-graduação poderão beneficiar de condições especiais a acordar caso a caso. Para o efeito a organização poderá contactar-nos para fa@ispa.pt