Comunicação & Design em Saúde

Novo 
Novo
Desenvolver materiais de comunicação mais eficazes - FORMAÇÃO À DISTÂNCIA COM INÍCIO A 26 DE JUNHO
Descrição

Os profissionais de Saúde têm funções diversificadas e muitas vezes são chamados a produzir informação em saúde para disseminação. Cabe-lhes a responsabilidade dos conteúdos, assim como dos formatos. Para conseguir a atenção do público-alvo são necessárias técnicas específicas de comunicação. A área da produção de conteúdo e do design de materiais informativos permite ao profissional das áreas da Saúde e outras desenvolver competências acrescidas, muito relevantes para a promoção de literacia em diferentes populações.

 

Este curso digital permite uma maior dinâmica nas profissões associadas à Saúde, com transversalidade e replicabilidade no local de trabalho. Cada tema será trabalhado através de uma metodologia de formação teórica e prática em suporte digital. Para reforçar as aprendizagens será executado e produzido material informativo (folhetos e/ou cartazes) para utilização nos Cuidados de Saúde Primários. Este trabalho será desenvolvido com o apoio de especialistas nas áreas de comunicação em saúde e marketing social.

Destinatários 

Profissionais de saúde, e todos os que estão envolvidos na produção de materiais de comunicação em saúde e que precisam de técnicas e instrumentos para melhor intervirem.

Objectivos 

Conhecer os principais conceitos de comunicação e design associados à visualização de dados em saúde
Compreender a importância do marketing social na mudança de comportamentos
Compreender como a literacia em saúde do cidadão pode ser incrementada através de estratégias de melhoria da compreensão de suportes informativos em saúde
Conhecer e aplicar ferramentas de melhoria da comunicação no campo da saúde

Competências 

Identificar principais tipos de representação gráfica e sua aplicabilidade na representação de dados em saúde
Identificar públicos-alvo e adaptar características de comunicação a estes
Identificar principais canais de comunicação que podem ser utilizados para comunicar com diferentes audiências
Aplicar conceitos transmitidos na construção de pictogramas e infografias

Programa 

1. Como pode a comunicação influenciar comportamentos em saúde? As questões cruciais da literacia em saúde - Conceito de comunicação em saúde, design e marketing social. Qual o efeito da comunicação na saúde?

Populações com baixa literacia em saúde. Que dimensões têm de ser tidas em conta? Quais as competências - chave?

2. Mudança de comportamentos. Como pode o design e a literacia visual potenciar a comunicação e a mudança de comportamentos? - O impacto da comunicação verbal e não verbal na mudança de comportamentos. Design e mente. O que é retido e o que não é retido pela mente humana? Existe um design para as populações com baixa literacia em saúde?

3. Públicos, segmentação - Como identificar um público-alvo. A importância da segmentação de audiências

4. Conceito de storytelling. Aplicação diversa do storytelling nas práticas de saúde - Como funciona o storytelling aplicado na saúde. Aplicação em projetos de comunicação em saúde (exemplos diversos)

5. Canais e materiais de comunicação em saúde - Que canais de comunicação existem e quais as suas vantagens e desvantagens? Que diferentes materiais de comunicação podem ser utilizados?

6. As redes sociais - Como utilizar as redes sociais e websites para promover conteúdos fidedignos? Exemplos de campanhas de sucesso. O que funciona?

7. O potencial da representação gráfica para a comunicação em saúde - Quais os principais tipos de gráficos a utilizar em comunicação em saúde?

8. Como criar infografias e pictogramas de forma simples e prática?

9. Iniciativas e projetos de comunicação em saúde, incluindo meios digitais - Que passos devem ser seguidos no planeamento de um projeto de comunicação em saúde?

10. Avaliação e monitorização de projetos de comunicação em saúde - Como podem ser avaliadas as iniciativas de comunicação?

11. Na prática e com resultados, o design em saúde - Desenvolver, em trabalho de grupo, um panfleto (flyer) ou poster informativo sobre um problema de saúde específico, destinado a um público-alvo identificado. Construção de infografias e de pictogramas. Discussão dos produtos de comunicação produzidos

12. Resumo das sessões práticas - Resumo de todas as sessões

Metodologias 

A abordagem de cada tema será através de uma metodologia mista, considerando a exposição teórica de conceitos, discussões guiadas, visualização e comentário de vídeos, exploração de ferramentas tecnológicas e exercícios de aplicação prática dos conceitos expostos
Os participantes deverão trazer o seu computador portátil em todas as sessões, uma vez que serão partilhadas ferramentas gratuitas que deverão explorar.

 

 

AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS

Os materiais produzidos a partir da 10ª sessão serão avaliados de acordo com os seguintes tópicos:
Selecção de conteúdos relevantes
Adequação da linguagem textual
Tradução de conceitos em imagens ou infografia
Qualidade gráfica
Usabilidade, adequação e viabilidade de produção

Duração 

12 horas

Formadores

Duarte Vital Brito
MD, PG InfoViz – Médico interno de formação específica em Saúde Pública (Unidade de Saúde Pública do ACES Lisboa Central). Global Health and Tropical Medicine (Instituto de Higiene e Medicina Tropical).


Cristina Vaz de Almeida
Diretora da Pós Graduação de Literacia em Saúde (ISPA). Mestre em Comunicação em e-learning (UAB), Pós graduada em Marketing (ISG), Doutoranda em Ciências da Comunicação, Literacia em Saúde (ISCSP).)

Calendarização
Sexta, Junho 26, 2020 - 18:00 - 21:00
Sábado, Junho 27, 2020 - 10:00 - 13:00
Sexta, Julho 3, 2020 - 18:00 - 21:00
Sábado, Julho 4, 2020 - 10:00 - 13:00
Certificado 

Os formandos terão acesso a um certificado de formação em Comunicação & Design em Saúde. Desenvolver materiais de comunicação mais eficazes, desde que frequentem, pelo menos 3 sessões (90%), uma vez que se trata de formação presencial.

 

 

 

Inscrições 

Limitadas a 20 formandos

 

Valor: 110 euros

Diversos 

No acto de inscrição é necessário comprovar habilitações
Em caso de desistência só haverá lugar a devolução se for comunicada até 19 de Junho de 2020 (inclusive).