Dor Crónica. Avaliação multidimensional e intervenção psicocossocial

Novo 
Novo
Solicitada acreditação à Ordem dos Psicólogos na especialidade de Psicologia Clínica e da Saúde
Destinatários 

Psicólogos que intervenham ou pretendam vir a intervir junto de pessoas com dor crónica
Estudantes de mestrado integrado de Psicologia e de 2ºs ciclos de Psicologia (desde que habilitados com 1º ciclo em Ciências Psicológicas ou Psicologia)

Objectivos 

Compreender a dor como experiência subjetiva multidimensional
Conhecer os modelos de dor crónica e as suas implicações para a intervenção psicológica
Compreender a importância dos fatores psicossociais na experiência de dor e no ajustamento à condição
Saber aplicar instrumentos de avaliação multidimensional da dor adaptados e validados em Portugal, segundo as IMMPACT recommendations
Saber implementar programas de intervenção psicossocial individual e/ou em grupo dirigida a pessoas com dor crónica

Competências 

Definir e caracterizar a dor como fenómeno subjetivo multidimensional
Comparar os modelos de dor crónica e discutir as suas implicações para a prática clínica em Psicologia
Descrever o papel dos fatores psicossociais na experiência de dor e no ajustamento à condição de acordo com as especificidades culturais de Portugal
Aplicar e interpretar os resultados de instrumentos de avaliação multidimensional da dor segundo as IMMPACT recommendations
Comparar criticamente e implementar programas de intervenção psicossocial individual e em grupo dirigidos a esta população crónica

Programa 

A dor como experiência multidimensional (6h) - Nociceção como fenómeno fisiológico e mecanismos psicofisiológicos da dor. Taxonomia e classificação da dor. Epidemiologia da dor e impacto socioeconómico da dor. Perspetiva histórica das teorias da dor. Limitações das primeiras teorias da dor. Teoria do portão de controlo da dor e a teoria da neuromatriz. Modelos de dor e o papel dos fatores psicossociais na perceção da dor (e.g. modelo operante, modelo cognitivo-comportamental, fear avoidance model, etc.). Fatores psico-socio-espirituais e ajustamento à dor.

Avaliação multidimensional da dor (6h) - Aspetos gerais da avaliação da dor aguda e da dor crónica. Fatores de risco para a cronificação da dor. Avaliação da dor segundo as recomendações da International Association for the Study of Pain. Instrumentos de avaliação multidimensional da dor – domínios, aplicação, cotação e interpretação.

Programas de intervenção psicossocial na dor (12h) - Aspetos gerais da intervenção psicossocial com esta população clínica. Programas de intervenção segundo os modelos cognitivo-comportamentais de 2.ª geração: Acceptance and Commitment Therapy. Mindfulness-based Stress Reduction. Hipnose

Metodologias 

Método expositivo. Método interrogativo. Método ativo. Método de casos

Duração 

24 horas

Formadores

Alexandra Ferreira-Valente
PhD, William James Center for Research, ISPA-Instituto Universitário


Ana Carvalheira
PhD, William James Center for Research, ISPA-Instituto Universitário


Filipa Fernandes Pimenta
PhD, William James Center for Research, ISPA-Instituto Universitário


Patrícia Pinto
PhD, ICVS/3B’s, Universidade do Minho

Calendarização
Sábado, Outubro 20, 2018 - 09:30 - 12:30
Sábado, Outubro 20, 2018 - 14:00 - 17:00
Sábado, Outubro 27, 2018 - 09:30 - 12:30
Sábado, Outubro 27, 2018 - 14:00 - 17:00
Sábado, Novembro 10, 2018 - 09:30 - 12:30
Sábado, Novembro 10, 2018 - 14:00 - 17:00
Sábado, Novembro 17, 2018 - 09:30 - 12:30
Sábado, Novembro 17, 2018 - 14:00 - 17:00
Certificado 

Os formandos terão acesso a um certificado de formação em Dor Crónica: Avaliação Multidimensional e Intervenção Psicossocial desde que frequentem, pelo menos, 7 sessões (90%), uma vez que se trata de formação presencial.

 

A obtenção dos créditos OPP que venham a ser atribuídos supõe a avaliação das aprendizagens, que envolve exercícios práticos, miniteste e estudo de caso

Inscrições 

Limitada a 20 formandos

 

Totalidade Fraccionado
140€ 77€ x 2 mens.

 

Local 

Lisboa

Diversos 

No acto de inscrição é necessário comprovar habilitações.
Em caso de desistência, só haverá lugar a reembolso quando for comunicada 20 de Outubro de 2018 (inclusive).