Hiperactividade e Défice de Atenção. Avaliação psicológica em crianças

Novo 
0
Acreditada pela ORDEM DOS PSICÓLOGOS
Destinatários 

Psicólogos,

Finalistas do mestrado integrado de Psicologia

Finalistas de 2º Ciclos de Psicologia (desde que habilitados com 1º Ciclo em Ciências Psicológicas ou Psicologia)

 

Objectivos 

Identificar a natureza dos comportamentos disruptivos exibidos pelas crianças com PHDA, bem como os critérios de diagnóstico, as manifestações psicobiológicas e os perfis neurocognitivos presentes na PHDA;
Aplicar, cotar e interpretar os resultados obtidos num protocolo de avaliação clínica da PHDA;
Implementar planos de intervenção psicoterapêutica multimodal específica para a PHDA.

 

 

Competências 

Identificar os comportamentos disruptivos que são característicos das crianças com PHDA;
Identificar a natureza neurobiológica e neuropsicológica desta Perturbação do Neurodesenvolvimento, o seu impacto nos diversos contextos e as comorbilidades associadas;
Aplicar, cotar e interpretar os resultados dos diversos instrumentos utilizados num protocolo de avaliação compreensiva da PHDA;
Implementar um processo de intervenção psicoterapêutico multimodal em função da manifestação sintomatológica apresentada pela criança;
Identificar as medidas educativas especiais ao abrigo do Decreto-Lei n.º 3/2008 que podem ser aplicadas em contexto escolar às crianças com PHDA

 

Programa 

Introdução – Perspectiva histórica e evolução conceito. Definição, Critérios de diagnóstica (DSM-5 e CiD-10) e subtipos de PHDA. Prevalência. Principais características das crianças com PHDA.

Neurobiologia e neuropsicologia – Etiologia. Impacto nos vários contextos. Comorbilidades

 

Avaliação psicológica – Anamenese e entrevistas semi-estruturadas. Escalas de avaliação clínica na PHDA. Avaliação neuropsicológica das funções executivas, atenção e memória de trabalho. Observação directa do comportamento. Avaliações complementares

 

Intervenção terapêutica - Intervenção Terapêutica Multimodal. Intervenção farmacológica. Intervenção cognitivo–comportamental em crianças. Intervenção psicossocial.

 

Educação especial - Medidas educativas especiais ao abrigo do Decreto- Lei nº 3/2008, específicas para as crianças com PHDA

 

Metodologias 

Exposições teórico-práticas, discussão de casos

Duração 

14 horas

Formadores

Octávio Moura

Doutorado em Neuropsicologia (FPCE-UC) e mestre em Consulta Psicológica Familiar pela FPCE-UP. Membro do grupo de investigação Neuroscience, Neuropsychology and Cognitive Assessment (N2CA - CINEICC) da FPCE-UC. Membro do Laboratório de Avaliação Psicológica e Psicometria (LAPP) da FPCE-UC. Revisor científico e autor de diversos artigos publicados em revistas nacionais e internacionais nas áreas da neuropsicologia, perturbações neurodesenvolvimentais e outras áreas psicológicas

Calendarização
Quinta, Maio 9, 2019 - 18:30 - 22:30
Sexta, Maio 10, 2019 - 18:30 - 22:30
Sábado, Maio 11, 2019 - 09:30 - 13:00
Sábado, Maio 11, 2019 - 14:00 - 16:30
Certificado 

Os formandos terão acesso a um certificado em Hiperactividade e Défice de Atenção. Avaliação Psicológica em Crianças, desde que frequentem, pelo menos, 3 sessões de formação (90%), uma vez que se trata de formação presencial

 

CREDITAÇÃO PELA ORDEM DOS PSICÓLOGOS

 

A obtenção dos créditos atribuidos pela Ordem dos Psicólogos (7 créditos na especialidade geral de Psicologia Clínica e da Saúde e na especialidade avançada de Intervenção Precoce) é exclusiva para formandos Psicólogos e supõe a realização com aproveitamento de um exame escrito no final módulo. 

A obtenção dos créditos é válida apenas para acções frequentadas a partir da data do despacho de acreditação da acção formativa pela OPP. Não tem efeito retroactivo.

Inscrições 

Limitadas 20 formandos

 

Totalidade Fraccionado
140€ 77€ x 2 mens.
Local 

Lisboa

Diversos 

No acto de inscrição é necessário comprovar habilitações.

A inscrição só é considerada efectiva após o respectivo pagamento, envio dos documentação necessária e confirmação da sua recepção pelo ISPA-Formação Avançada

  

Em caso de desistência só haverá lugar a reembolso se for comunicada até 1 de Maio de 2019 (inclusive).