Play Therapy com Crianças e Adolescentes

Novo 
0
Acreditada pela ORDEM DO PSICÓLOGOS
Destinatários 

Psicólogos, assistentes sociais, psicopedagogos, educadores sociais, terapeutas ocupacionais, estudantes, professores e educadores de infância

Objectivos 

Conhecer a abordagem Humanística Centrada no Cliente da Play Therapy e as estratégias de intervenção com crianças, adolescentes e suas famílias em diferentes contextos
Promover o uso do brincar e técnicas de expressão criativa na relação terapêutica entre o terapeuta e o cliente para facilitar mudança terapêutica

Competências 

Sensibilizar para a importância da Play Therapy
Definir a abordagem centrada na criança (não- directiva)
Especificar as competências em Play Therapy centrada na criança
Desenvolver o conhecimento, compreensão e competências em relação à situação terapêutica
Construir competências na comunicação e relação com as crianças
Desenvolver competências em algumas técnicas usadas em Play Therapy
Desenvolver o conhecimento e compreensão das diferentes fases do processo terapêutico.
Reconhecer e compreender a importância do final no processo terapêutico.

Programa 

O que é a Play Therapy - O brincar e o brincar terapêutico (diferentes estádios do desenvolvimento). Diferentes abordagens da Play Therapy e suas aplicações
A abordagem centrada na criança -História da Play Therapy. Os oito princípios da Play Therapy centrada na criança
Competências básicas da Play Therapy - Qualidades profissionais e pessoais
A sala de Play Therapy e os brinquedos - A criança, os pais/prestadores de cuidados e o contexto
Relação terapêutica - Antes da primeira sessão (avaliação das necessidades, plano e contrato). Como estruturar a sessão de Play Therapy. Identificar o comportamento não verbal. Reflectir sobre o conteúdo e os sentimentos. Facilitar a tomada de decisão. Responsabilidade e auto-estima. Temas do brincar
Regras e limites
Diferentes fases do processo terapêutico
Preparar os finais
Questões culturais em terapia
Arte terapia - Máscara, desenho e a mandala
Filial Therapy - Trabalho com os pais / prestadores de cuidados
Theraplay e vinculação -Tipos de vinculação. Técnicas de intervenção e trabalho na vinculação
Princípios éticos e código de conduta

Metodologias 

Método expositivo, videos, discussão de casos práticos, role play, exploração de materiais artísticos e de brincar

Duração 

50 horas

Formadores

Filipa Alvarez

Psicóloga Clínica e mestre em Psicologia Legal pelo ISPA-Instituto Universitário. MA em Play Therapy pela Roehampton University, Londres. Certificação em Filial Therapy pelo Family Enhancement & Play Therapy Center, Inc. Trabalha no sistema de protecção de crianças do Reino Unido 

Calendarização
Sexta, Março 8, 2019 - 17:00 - 22:30
Sábado, Março 9, 2019 - 09:30 - 13:00
Sábado, Março 9, 2019 - 14:00 - 17:30
Sexta, Abril 12, 2019 - 17:00 - 22:30
Sábado, Abril 13, 2019 - 09:30 - 13:00
Sábado, Abril 13, 2019 - 14:00 - 17:30
Sexta, Maio 31, 2019 - 17:00 - 22:30
Sábado, Junho 1, 2019 - 09:30 - 13:00
Sábado, Junho 1, 2019 - 14:00 - 17:30
Sexta, Julho 19, 2019 - 17:00 - 22:30
Sábado, Julho 20, 2019 - 09:30 - 13:00
Sábado, Julho 20, 2019 - 14:00 - 17:30
Certificado 

Os formandos terão acesso a um certificado de formação avançada em Play Therapy com Crianças e Adolescentes, desde que frequentem a totalidade das sessões de formação (90%) e completem a avaliação das aprendizagens com (1) Apresentação de 1 caso e (2) Observação directa com discussão em grupo de filmes de sessões e elaboração de análise escrita. 

 

 

CREDITAÇÃO PELA ORDEM DOS PSICÓLOGOS

A obtenção dos créditos atribuídos pela Ordem dos Psicólogos (25 créditos na especialidade geral de Psicologia Clínica e da Saúde) é exclusiva para formandos Psicólogos e supõe a realização e com aproveitamento a discussão de casos e análise escrita.
A obtenção dos créditos é válida apenas para acções frequentadas a partir da data do despacho de acreditação da acção formativa pela OPP. Não tem efeito retroactivo.

Inscrições 

Limitadas a 20 formandos

 

Totalidade Fraccionado
320€ 70€ x 5 mens.
Local 

Lisboa

Diversos 

No acto de inscrição é necessário comprovar habilitações.

 

Em caso de desistência, só haverá lugar a reembolso quando for comunicada até 1 de Março de 2019 (inclusive).