Avaliação Psicológica de Condutores

Novo 
0
Acesso ao diploma Pós-Graduação em Avaliação Psicológica - Formação a distância com início a 14 de fevereiro
Descrição

Os problemas que ocorrem no trânsito resultam em parte significativa do comportamento humano. Para a diminuição da sinistralidade viária e promoção de um tráfego mais harmonioso, atuar preventivamente constitui-se como uma medida relevante. É neste âmbito que se procura assegurar que os condutores de transporte de pessoas ou de transporte de carga, perigosa ou não, reúnam as condições físicas e psicológicas adequadas ao exercício da função, já que a mesma envolve elevados riscos.

A avaliação psicológica de condutores é um processo que, pelas suas características, envolve a recolha de dados e informações através de métodos como entrevista psicológica, testes psicológicos e técnicas de observação. O propósito é prever como a pessoa processa a informação, perceciona os riscos e toma decisões em situações de perigo.

Este curso destina-se aos profissionais de psicologia que desejam desenvolver conhecimentos e competências no domínio da avaliação psicológica de condutores conforme a legislação em vigor.

Destinatários 

Psicólogos 

Objectivos 
  • Conhecer o quadro legal da habilitação para conduzir, bem como a evolução da Avaliação Psicológica de Condutores em Portugal.
  • Sensibilizar para a importância da avaliação psicológica de condutores e compreender a sua aplicação em Psicologia do Tráfego.
  • Consciencializar sobre o impacto da avaliação psicológica dos condutores na diminuição da sinistralidade automóvel.
  • Reconhecer os conceitos e enumerar os princípios básicos na implementação das fases do processo avaliativo.
  • Desenvolver competências inerentes à avaliação psicológica de condutores, nomeadamente:
                  • ­   Experimentar instrumentos e provas utilizadas;
                  • ­   Analisar e interpretar os resultados obtidos;
                  • ­   Reconhecer os documentos necessários ao registo da Avaliação Psicológica;
                  • ­   Conhecer as restrições e os pareceres a atribuir a cada Avaliação;
                  • ­   Elaborar o relatório final;
Competências 

 No final, o formando será capaz de realizar as tarefas inerentes à Avaliação das características psicológicas dos condutores, nomeadamente:

 

  • Conhecer conceitos básicos sobre avaliação psicológica, sobre a Habilitação Legal para conduzir e sobre a história da evolução da Avaliação Psicológica de Condutores em Portugal;
  • Conhecer a legislação que sustenta a Avaliação Psicológica no âmbito da Habilitação Legal da Condução, não só a vigente (DL 138/2012 do IMTT), como o DL 313/2009;
  • Saber aplicar os instrumentos e provas utilizadas;
  • Saber analisar e interpretar os resultados obtidos;
  • Conhecer as restrições e os pareceres a atribuir a cada Avaliação, e os documentos necessários para registar uma Avaliação Psicológica;
  • Saber elaborar o relatório final e a preencher o Certificado de Avaliação Psicológica. 

 

Programa 

Conceitos gerais sobre avaliação psicológica 

  • Princípios, objetivos e procedimentos;
  • Conceitos sobre Habilitação Legal para conduzir. 

 

Avaliação Psicológica de Condutores

  • Princípios orientadores e particularidades da Psicologia do Tráfego;
  • Enquadramento legal – DL 313/2009 e DL 138/2012;
  • Dimensões psicológicas a avaliar;
  • Alguns instrumentos de Avaliação Psicológica de Condutores. 

 

Análise e interpretação dos resultados

  • Conhecer a informação contida no relatório de cada teste;
  • Compreender o significado das variáveis de teste;
  • Interpretar o resultado à luz da legislação vigente. 

 

Entrevista individual 

  • Parâmetros e dimensões a avaliar. Guião;
  • Emissão do parecer final;
  • Conhecer as restrições acessórias;
  • Elaboração do Relatório Final e do Certificado de Avaliação Psicológica;
  • Estudos de casos práticos. 
Metodologias 

Recurso aos métodos expositivo e ativo, com a realização de trabalhos de aplicação, individuais e de grupo, e simulações ajustadas à realidade profissional dos participantes.

Duração 

21 horas

Formadores

Paula Rocha
(Mestre em psicologia social e das organizações, ISCTE, licenciada em psicologia, FPCE, Univ.Lisboa e pós-graduada em gestão de recursos humanos, Univ. Católica. Frequência da especialização em psicoterapia cognitiva e comportamental, APTCC)

Calendarização
Terça, Fevereiro 14, 2023 - 18:30 - 22:00
Sexta, Fevereiro 17, 2023 - 18:30 - 20:00
Sábado, Fevereiro 18, 2023 - 09:30 - 13:00
Terça, Fevereiro 21, 2023 - 18:30 - 22:00
Sexta, Fevereiro 24, 2023 - 18:30 - 20:00
Sábado, Fevereiro 25, 2023 - 09:30 - 13:00
Certificado 

O Certificado de Frequência será atribuído desde que a assiduidade seja igual ou superior a 90% da carga horária total.

 

A Formação Ispa observará o previsto na lei de proteção de dados pessoais (Regulamento 2016/679 do Parlamento Europeu de 26 de abril de 2016, com execução assegurada pela Lei n.º 58/2019, de 8 de agosto).

 

Curso integrante da Pós-Graduação em Avaliação Psicológica - 

Pós-Graduação em Avaliação Psicológica | Formação Avançada (ispa.pt)

O acesso a diploma de pós-graduação é facultativa mas implica submeter-se a avaliação das aprendizagens.

Inscrições 

Limitadas 20 formandos.

 

Investimento

Fracionamento

€ 180

2 x € 90

 

No caso do pagamento fracionado as prestações devem ser liquidadas nos seguintes momentos:

  • primeira prestação - no ato de inscrição.
  • segunda prestação - até à data de início do curso. 

 

É aceite o cancelamento da inscrição até 10 dias antes da data de início, sendo o participante reembolsado na íntegra (100%). Cancelamentos efetuados entre 9 e 4 dias da data de início do curso, inclusive, o participante será reembolsado em 50%. Não haverá lugar a reembolso para desistências até 3 dias antes do início do curso e após confirmação do mesmo.

 

Local 

A distância | Online

Diversos 

Os candidatos à frequência deste curso devem reunir os seguintes requisitos:

  • Ter acesso a um computador / telemóvel / tablet com ligação à Internet e um browser (programa para navegar na web), como o Chrome, Microsoft Edge, Firefox ou Safari;
  • Aplicação Zoom;
  • Ter conhecimentos de informática na ótica do utilizador.